10 Dicas de Empreiteiro: O Que Não Deve Fazer na Remodelação da Habitação

Se trabalha com um empreiteiro ou age como um no seu próprio projeto de remodelação da sua habitação, obtendo uma visão da mente de um empreiteiro pode dar-lhe novas perspetivas em projetos de remodelação. E como sabe se está a ajudar ou a prejudicar o seu projeto? 

Faça-nos por isso companhia para descobrir e ver o que o pode ajudar a simplificar a remodelação, para que a mesma corra sem problemas e para que mantenha o orçamento, com este sábio conselho de um profissional.

10 Dicas

Aprendi muito a trabalhar com um empreiteiro, e algumas dessas lições podem ajudar os proprietários também. Tão importante é o que faz como o que não faz, e às vezes o instinto do proprietário pode afetar negativamente um projeto de remodelação da habitação. 

 

1. Não adie decisões

Se quer que a sua remodelação corra bem, a melhor coisa a fazer é tomar cada decisão antes do início dos trabalhos.

Um bom construtor pode convencê-lo, através da uma lista, de situações que possam surgir no decorrer do trabalho, mas as decisões sobre as situações não são geralmente o que causam o atraso. 

Em vez disso, a maioria das questões está relacionada com coisas como a seleção de pinturas, guarnições e tubos de água. Estas podem parecer pequenas, mas quando o tubo de água está atrasado duas semanas, os canalizadores precisam de agendar nova data, e a porta do armário dos medicamentos bate agora no tubo de água que foi instalado... É fácil ver como algo pequeno pode atrasar numa semana um projeto de cinco semanas.

 

2. Não mude de ideia (muito)

Mesmo que seja inevitável mudar de ideias sobre algo no seu projeto, saiba isto: cada vez que muda de ideias, isso resulta numa mudança de ordem. Embora a mudança possa parecer menor, temos sempre de adicionar custos, mesmo se forem apenas o tempo gasto a discutir a mudança. 

O plano agendado pode também ter que ser alterado. Todos os que trabalham no projeto precisam de ser informados da mudança, e então ninguém estará a trabalhar no antigo plano. Todas as pessoas fazem alterações, e esse não é o problema. Esteja apenas ciente do potencial da interrupção e do atraso no trabalho de remodelação.

 

3. Não compre os seus próprios materiais

Parece uma forma óbvia de poupar dinheiro — um construtor vai definir o custo dos materiais e acrescentar a margem de lucro transmitindo-lhe esse preço. Pode ser verdade mas o construtor pode também receber um preço melhor para começar, o que significa que, mesmo após a margem de lucro, você vai pagar o mesmo preço. 

 

4.  “Não ponha batom num porco”

Embora um construtor raramente diga isto... Há algumas casas que deviam ser demolidas ao invés do investir para as poder arranjar.

Esta pode ser uma situação pouco usual. É comum as pessoas colocarem o seu dinheiro em armários fantasiosos para uma casa com uma fundação que cede, ou num forno de alta eficiência numa casa sem isolamento. Ouça os profissionais que vêm ver o trabalho que precisa de ser executado. Esteja aberto às suas sugestões.

 

5. Não trabalhe sem um fundo de contingência

Se descobrir que a remodelação que queria fazer custa mais do que esperava ou do que se encontrava orçamentado, não pense que está sozinho. É quase inédito que uma pessoa defina um orçamento realista para um projeto. Mas não reduza na contingência para esticar o orçamento.

Se seguir a regra número um e tomar cada decisão antes do tempo e se tiver um bom empreiteiro, pode provavelmente escapar-se com uma contingência de 5%.

 

6. Não deixe que crianças e animais de estimação atrapalhem o caminho

Muitas vezes, as pessoas que trabalham na remodelação da sua habitação vão tentar acomodar as suas crianças e animais de estimação, mas não deviam ter que o fazer — não é seguro ter filhos ou animais em torno da construção.

 

7. Não viva em casa

A maioria das pessoas ignora essa regra e com algum sentido. Remodelar é caro e sair de sua casa só aumenta o custo. Se não puder sair durante a execução do trabalho de remodelação tente agendar algum tempo e arranjar como retiro um local limpo e confortável, quando não consegue lidar com o voltar para casa para um local de construção confuso e de stress.

 

8. Não seja uma distração

Pode parecer cruel, mas cada minuto que alguém trabalhe na sua casa e gaste o tempo a falar consigo significa que não estão a trabalhar na sua casa. É importante a conversa mas que impacto terá sobre o trabalho de remodelação que se encontra em execução? O eletricista em trabalho não recebe mais para gastar 30 minutos a falar sobre os seus planos de férias.

 

9. Não ignore o que a casa quer

Embora algumas pessoas possam conseguir usar um par de ténis com um smoking, essa combinação pode não ser ideal. As casas são a mesma coisa.

Uma cozinha ultra moderna pode ter um lugar numa casa rústica mas assegure-se que combina. Isto não quer dizer que uma casa não possa desenvolver-se com os tempos. Não existem regras duras e rápidas — conheça a sua casa, viva nela e faça a sua pesquisa antes de começar a partir paredes.

 

10. Não trabalhe sem um projeto

Alguns projetos requerem um arquiteto, alguns um designer de interiores e, por vezes, um talentoso construtor que consegue captar a estética da sua habitação e isso vai ajudá-lo a chegar a um bom plano. 

Faça o que fizer, não comece uma remodelação sem um plano detalhado para o chão. Muitos elementos interagem com o espaço — ponha tudo no papel e vai detetar os problemas antes da construção ser executada.

Pode ser capaz de construir um espaço funcional sem um plano, mas se quer um espaço funcional bonito e agradável, contrate um profissional.

 

E já sabe, se precisa de pedir orçamentos grátis, é no MaiFix, e mai'nada!