20 Dicas Para Escolher A Casa Certa

Escolher uma casa, especialmente se é inexperiente e está a fazê-lo pela primeira vez, pode ser um processo complicado e certamente um passo muito importante. Vai querer acertar à primeira, pois não existe propriamente muita margem para erro e evitar que tenha de andar logo nos primeiros meses a pedir orçamentos para obras. Estas são as nossas 20 sugestões a ter em consideração caso esteja à procura de uma casa:

  1. Valor Real - O custo de uma habitação, não se limita ao valor que pedem pela mesma.Prepare-se para custos com taxas, mudanças, juros, eventuais reparações em casa e outros custos associados a uma habitação;
  2. Cuidado Com Os Créditos - Tentar obter o máximo de crédito que consiga num banco não é certamente a melhor política. Seja realista, não tente viver acima das suas possibilidades, e peça somente um crédito dentro daquilo que sabe que consegue pagar;
  3. Reputação Bancária - Tente sempre manter uma boa reputação em qualquer entidade bancária (seja ela de créditos rápidos ou um banco);
  4. Flutuações de Preço - Ao contrário do que alguns de nós possamos pensar, os preços das casas estão sempre a descer e a subir. Tente perceber qual o período em que os preços das habitações são mais baixos e tente negociar nessa altura;
  5. Contratos Com Créditos - Antes de assinar qualquer tipo de contrato (e isto aplica-se, não só aos contratos para créditos, mas qualquer contrato), leia com atenção e nunca se deixe precipitar pela pressão para assinar. Aliás, desconfie se estiverem a tentar fazer com que assine um contrato rapidamente. Legalmente tem todo o direito de levar o tempo que quiser para ler todo o contrato com calma e sempre que tenha dúvidas, não hesite em perguntar para as esclarecer e caso não entenda, pergunte até perceber;
  6. Vizinhança - Tente perceber como é a vizinhança e, sempre que possível, tente falar com alguém e perceber como são os seus potenciais vizinhos. Assim irá perceber se eventualmente se sentiria bem ao viver ali;
  7. Agentes Imobiliários - É um tipo de vendedor que "existe em todos os cantos". Isto é, existem profissionais muito bons e que realmente lhe conseguem propor uma habitação de sonho a um preço justo, mas também há, como em qualquer sector, os que apenas lhe querem extorquir o máximo possível e depois ir embora. Tenha muita atenção e, sempre que possível, tente negociar directamente com o proprietário da habitação e assim poupará alguns euros;
  8. Mantenha-se Informado - Obtenha o máximo de informação possível acerca de cada habitação que visite. Nunca se sinta mal ou "chato" por ter que colocar várias questões até se sentir totalmente esclarecido;
  9. Fotografias - Supostamente deve poder tirar fotos à vontade. Caso coloquem alguma contradição e não lhe permitam tirar fotos, não será uma situação muito normal e deve desconfiar. Mas também depende da justificação que lhe dão para tal proibição.
  10. Visitas Aos Imóveis - Caso faça várias visitas ao imóvel, tente fazê-lo a diferentes horas do dia e, se possível, em dias com diferentes temperaturas e climas. Assim conseguirá perceber melhor como é a vizinhança, se existe algum problema que esteja a ser afectado pela chuva, sol ou vento e perceber até que ponto esses problemas podem afectar a sua decisão.
  11. Fale Com Os Vizinhos - Perca a vergonha e fale com a vizinhança. Questione como é viver naquela área, tentar perceber se é um local com alguns problemas e aproveitar para perceber se fica com boa impressão das pessoas com quem falar.
  12. Parar A Venda - Caso já tenha pago a entrada para a habitação, peça para pararem a venda da mesma. Assim garante que não aparecerá um outro potencial comprador a oferecer mais dinheiro.
  13. Fale Com Um Advogado - Se quer acelerar todo o processo de compra da casa, fale com um advogado. Peça para ser regularmente informado, para evitar que hajam atrasos.
  14. Mobiliário - Quando visita uma habitação, parte ou toda a mobília que vê pode eventualmente ser retirada. Questione sempre o que ficará na casa e o que será retirado e deixe tudo bem claro.
  15. Leilões - Independentemente se alguma vez visitou um leilão ou não, obtenha informações acerca dos mesmos e visite alguns. Pode ter a sorte de encontrar oportunidades únicas que nunca iria encontrar através das vias tradicionais.
  16. Questionário De Compra - Tente obter sempre um questionário de qualidade e bastante detalhado.
  17. Orçamentos Para Reparações - Tire notas de todas as reparações que a habitação necessita e peça orçamentos para reparar o que for necessário, para conseguir ter uma ideia do custo para reparar a casa, seja para reparar telhado, reparar paredes, reparar habitação por completo ou qualquer outro tipo.
  18. Não Tenha Pressa - Nunca se apresse para comprar a casa. Todos sabemos que é um momento de muita ansiedade, mas tem de se controlar pois trata-se sempre de um investimento avultado e que requer, tal como qualquer outro investimento, muita calma e cabeça fria antes de tomar qualquer decisão.
  19. Seguro Para A Casa - Sejam orçamentos para alarmes, orçamentos para domótica ou orçamentos para seguros habitação, solicite-os sempre para ter uma ideia de quanto poderá custar, em cada uma das habitações que lhe interessar.
  20. Dinheiro Extra - Como em qualquer tipo de investimento deste género, é sempre aconselhável que guarde de parte uma boa quantia para imprevistos que vão acontecer. Será um gesto de grande ingenuidade pensar que tudo será perfeito e que não terá absolutamente nenhum custo adicional, pois há sempre custos adicionais não previstos. Desta forma, evitará muito stress de futuro.

 

E se precisar de contratar uma empresa de mudanças, nesse caso conte com o MaiFix! Porque se precisa de pedir orçamentos, é no MaiFix, e mai'nada!